quinta-feira, 30 de abril de 2015

Novidades: Show do Ed e muito amor



Oooi genteeee!
Sim, venho aqui na maior felicidade e na maior depressão pós show (sim, isso mesmo) para expressar o meu amor por esse ruivinho.
Dia 28/04 teve show do Ed Sheeran aqui em São Paulo e eu fuuui, então resolvi vir aqui falar um pouco para vocês sobre a minha experiência.
Eu não era tão apaixonada assim por ele até então, nunca decorei músicas e nem nada, então quando soube que ia no show baixei as músicas, algumas que eu já conhecia e fiquei viciada. O show foi maravilhoso e ele conquistou meu coração (pega meu core Ed! hahaha). 
Antes de encher vocês de coisas boas e elogios vou deixar aqui o meu único ponto negativo:

  • Os telões não ligaram. Fiquei muito brava com isso. Os telões que ficam na lateral do palco não ligaram, mas tinham 6 telas pequenas atrás dele, que eram cenário, e ao mesmo tempo mostrava um pouco dele, (no vídeo da pra entender). E isso foi horrível, porque eu fui de pista, não cheguei tão cedo e ainda sou baixa. Então foi um sacrifício para conseguir ver ele, só na ponta do pé e olhe lá!
Não estava tão ansiosa para o show, e acho que justamente por não esperar muita coisa ele acabou sendo incrível! Cheguei e consegui um lugar bom na fila, mas ela estava dando a volta no quarterão toooooodo, estava absurdo, consegui entrar tranquilamente. O show atrasou 10 minutos, mas nada de mais. O cantor que abriu era um tal de Antonio, desconhecido por mim. Várias pessoas passaram mal relativamente perto de mim.
O Ed cantou várias músicas e foi tudo sozinho, não teve banda foi ele e ele (incrível né?)! Ele não desafinou uma vez e foi perfeito, cantou seus maiores hits e fez alguns covers, que vou deixar aqui.

Setlist:
I'm a Mess
Lego House
Don't / No Diggity / Nina
Drunk
Take It Back / Superstition / Ain't No Sunshine
Photograph
Bloodstream
Tenerife Sea
Kiss Me / Thinking Out Loud
Feeling Good / I See Fire
All of the S
Setlist:
Não teve uma música que ele cantou sozinho, estávamos em todas! Ele falou pouco, falou que era sua primeira vez na América do Sul e que ama o Brasil <3 Além disso ainda agradeceu por termos comprados os ingressos, porque ele sabe que é caro (CASA COMIGO ED).                                           No final ele falou para cantarmos o mais alto que conseguíssemos, e acabou com "Ohh, ohh" até a saída dele do palco. Cantou algumas músicas emendando uma na outra, pouco papo, mas valeu cada segundo. A sensação é incrível as músicas dele são maravilhosas e você se sente no lugar dele, só pelas expressões e pelo modo que ele fala e age. Foi incrível, já falei isso umas 10 vezes né? Mas vou repetir, foi incrível!

Gravei alguns pedaços e vou deixar o vídeo aqui para vocês, a qualidade não tá das melhores, não consegui passar pra cá em HD (fiquei dois dias tentando) então me desculpem,  mas o áudio ficou bom! Espero que gostemmm:


video

2 comentários:

  1. Pietra,que sorte e que show maravilhoso deve ter sido....um sonho! e esse ruivo conquista nossos corações com seu talento para música.
    beijosss
    Erika Schaurich - Guria Bagunceira
    www.guriabagunceira.blogspot.com.br

    ResponderExcluir